Navalha na Carne



Navalha na Carne é a obra mais encenada do dramaturgo Plínio Marcos, ao lado de Dois Perdidos Numa Noite Suja. Navalha na Carne é o retrato naturalista de um sub-mundo de personagens marcantes em que a violência das relações humanas constrói um quadro cuja força dramática sobrevive ao tempo.Da sedução à humilhação, da aliança provisória à ira generalizada, as personagens Vado, Neusa Sueli e Veludo dedicam-se a uma contínua disputa pelo domínio de um sobre o outro numa luta que a todos oprime e que a todos afecta.


Texto: Plínio Marcos
Adaptação: João Pedro Ascenso
Encenação: António Terra
Interpretação: Cláudia Semedo, Diogo Mesquita e Tiago Fernandes
Cenografia: António Terra e Murilo Pantaleão
Desenho de luz: Pedro Pinto
Design gráfico: Murilo Pantaleão
Captação e Edição de Imagem: Amadeu Lopes
Luta Cénica: Miguel Fonseca
Figurinos: Burgueses Rebeldes
Caracterização: Raquel Sá
Fotografia: Paulo Carneiro
Assistentes de encenação: Jaime Rocha e Maria Mascarenhas
Produção executiva: Andreia Madeira

<<Voltar