António Terra


Nasceu no Rio de Janeiro em 1968. Formou-se como ator na CAL - Casa das Artes de Laranjeiras (RJ).
Em Portugal, onde vive desde 2000, representou em duas séries da RTP (Rádio Televisão Portuguesa), foi professor convidado do 6º / 7º / 8º “Curso Internacional de Dança e Teatro”, no Centro Cultural de Belém. Encenou mais de vinte peças de teatro, entre elas: “O auto da Compadecida”, "Mão na Luva", "Les Nouveaux Amants du Tage", "Cenas Suburbanas”, “Navalha na Carne”, “Espírito da Poesia” e Novas Diretrizes em Tempos de Paz. No início de 2004, fundou a Companhia de Actores (Medalha Municipal de Mérito – Grau Prata – Câmara Municipal de Oeiras 2010), onde permanece até hoje nos cargos de presidente da direção da Companhia e direção artística. Em 2006 funda e dirige o projeto “AMPLIARTE – cultura e intervenção social” (Prémio “Boas Práticas Autárquicas” – Fundação Calouste Gulbenkian 2008).
Foi Diretor Artístico do Auditório do Ramo Grande nos Açores (2004/2005), Mentor e Diretor Artístico de duas edições MITO – Mostra Internacional de Teatro de Oeiras (2009/2010). Desde 2008 até 2016 foi Diretor Artístico do Teatro Municipal Amélia Rey Colaço – Oeiras.

Equipa


Direção

Cláudia Semedo

Tiago Fernandes

São Correia

Atores

António Terra

Cláudia Semedo

João Ascenso

Sandra José

Sandra Roque

Tiago Fernandes

Direção Técnica

Sérgio Gaspar

Comunicação

Jessica Jaishil

Produção

Diana Bicho

Maria João Gaspar

Miriam Ribeiro